Revista Plástica e Beleza – Rinoplastia

Rinoplastia
O nariz negróide caracteriza-se pelo dorso baixo, asas narinárias bastante abertas e ponta larga. Para estes caso, o mais indicado é a rinoplastia para deixar o rosto com os traços mais delicados e melhorar a função respiratória. “A principal causa das características do nariz negróide é a fragilidade das cartilagens, que são muito pouco desenvolvidas. Sabemos que as cartilagens que estruturam o nariz também são importantes na função respiratória”, explica o cirurgião plástico Rodrigo Mangaravite (RJ).
Como é feita: após uma criteriosa avaliação, o cirurgião decidirá se é mais indicado a rinoplastia aberta ou fechada. Ambas são realizadas sob anestesia geral e se diferem no local onde são feitas as incisões. Na aberta, são feitas na columela, haste que fica entre as narinas, na ponta do nariz, e no interior das narinas, em forma da letra “V”. Já na rinoplastia fechada, as incisões são dentro das narinas, que se tiverem ex-cesso de tamanho, serão diminuídas, ou se o formato for o problema, serão moldadas. Nos dois casos, se for preciso diminuir a largura do nariz, são feitas incisões nas laterais externas para dar o novo formato. Por fim, os tecidos são reposicionados e o corte é fechado com alguns pontos. “Como a pele é muito grossa, o resultado final pode demorar até um ano, mas, mesmo apesar do inchaço, o paciente consegue visualizar uma grande melhora já nos primeiros dias sem o curativo”, complementa.
Cuidado pós-operatório: o nariz é mantido imobilizado com um splint metálico e esparadrapo por cerca de 10 dias. As atividades normais podem ser retomadas cerca de 15 dias após a cirurgia, já as que podem causar traumas (pancadas, batidas etc.) devem ser evitadas por aproximadamente dois meses.
Clique no botão abaixo e veja matéria na íntegra: